Receita: o melhor iogurte da sua vida

Eu sei que o título parece exagerado, mas isso é porque vocês ainda não comeram esse iogurte! A receita foi tirada do blog La Cucinetta, que sempre tem uma seleção de receitas ótimas e histórias lindas – e lá a declaração de amor pelo iogurte é tão intensa quanto aqui!

Há alguns anos viajei pela Europa e comia muito iogurte grego – na França, ele era tão cremoso e naturalmente docinho, que era uma sobremesa por si só (mas ok, eu confesso que comia com madeleines pra deixar mais gostoso ainda)! Alguns anos depois, o iogurte grego chegou ao Brasil, mas algo não me parece certo: ele não tem a consistência tão firme, é muito adoçado – artificialmente – e cheio de conservantes, espessantes e emulsificantes que me fazem perder a vontade de trazer o potinho para casa.

É aí que entra a receita: ela é trabalhosa, mas vale muito a pena! A consistência é deliciosa, o azedinho do iogurte fica perfeitamente equilibrado, sem exageros, e é um produto caseiro, que você tem certeza de que tudo que você e sua família vão consumir é fresco e sem conservantes!

Delicioso puro, com mel, oleaginosas ou frutas ou em receitas que peçam um bom iogurte!

Delicioso puro, com mel, oleaginosas ou frutas ou em receitas que peçam um bom iogurte!

 

Vamos à receita?

Iogurte integral

(originalmente do livro Forgotten Skills of Cooking)

Ingredientes:

2,5L de leite integral

1 1/4 xícara de creme de leite fresco

1 xícara de iogurte integral natural

Preparo:

Coloque o leite numa panela grande de inox com fundo grosso (use uma panela larga para facilitar a evaporação). Deixe ferver, abaixe o fogo e mexa sem parar, mantendo a fervura e deixe o leite evaporar até ficar com apenas 2/3 do volume inicial – cerca de 1,6 litros.

Desligue o fogo, derrame o leite numa tigela de vidro e junte o creme de leite, mexendo até incorporar. Deixe esfriar até 46ºC ou até que você consiga manter seu dedo mergulhado no leite por cerca de 10 segundos sem se queimar.

Junte o iogurte e mexa bem. Cubra com um filme plástico, enrole a tigela numa toalha ou coloque numa sacola térmica e deixe descansar por cerca de 5 horas, ou de um dia para o outro.

O iogurte deve ficar com uma camada firme e espessa por cima e uma camada cremosa por baixo, com um pouco de soro. Guarde na geladeira e consuma em até 10 dias.

Dicas:

  • Procure usar o leite mais fresco possível – de garrafa ou saquinho.
  • Use um iogurte integral que tenha nos ingredientes somente leite e fermento lácteo – nada de espessantes nem conservantes no nosso iogurte delicioso!
  • A receita rende bastante – recomendo fazer meia receita ou um terço caso o consumo de iogurte na sua casa não seja muito grande.
  • Coloque o iogurte em uma tigela com boca larga – a consistência é bem firme e uma boca estreita vai dificultar a sua vida!
  • Caso seu iogurte não fique tão cremoso quanto o esperado, passe ele por um tecido bem fino (preferencialmente musselina) de um dia para o outro na geladeira, todo o soro irá separar e o iogurte ficará com uma consistência bem firme.
  • O soro do iogurte é cheio de nutrientes e pode ser usado em vitaminas de frutas substituindo o leite ou em panquequinhas.

Dicas de decoração para o Dia das Mães

Eu não sei vocês, mas eu adoro planejar festas – e não precisa ser uma data especial ou uma festa enorme, qualquer motivo é suficiente para reunir os amigos com boa música, comida gostosa e uma decoração legal – nem que sejam só algumas flores em uma garrafinha bonita :)

887d48b985f237337fa31cd548a61121

Como o dia das mães está chegando, separei no Pinterest algumas referências de decoração e lembrancinhas numa combinação de cores que eu amo – dourado, rosa e turquesa – para inspirar quem quiser fazer uma festa bem linda para homenagear a mãe nesse domingo! Afinal, o mais importante não são presentes, e sim a reunião de pessoas queridas e todo o carinho investido da celebração <3

9bc21d5d8e81b2c630280131ec3447d2

1// Bolo Julia Guedes 2// Wedding Chicks 3// Sua Casa Sua Festa

Aliás, fiquem de olho e sigam minha página no Pinterest que vou sempre pinar por lá dicas legais de decoração de festas, docinhos e bolos de dar água na boca!

 

Saindo do forno

Escrever é como fazer um bolo: primeiro você tem que organizar as ideias ou os ingredientes, para só então misturar tudo numa ordem que faça sentido. Depois, ainda tem que esperar um pouco para ver o resultado final e torcer que agrade outras pessoas. Assim como cozinhar, escrever foi uma paixão minha por muito tempo: me formei em Jornalismo em 2010 para só depois perceber que ser redatora profissional não era para mim. Afinal, sentir o cheirinho de um bolo assando ou cozinhar um brigadeiro é tão mais gostoso que encarar a tela de um computador!

Julia Guedes confeiteira Curitiba

Ainda assim, sempre mantive blogs de vários assuntos, então meu interesse em escrever sobre comida veio naturalmente. Aqui no blog, vou falar um pouco sobre o meu trabalho, dar dicas para comemorações com pessoas queridas, publicar receitas deliciosas e compartilhar histórias que deixam a vida muito mais doce! :)

Seja bem vindo a esse espaço e fique à vontade para comentar e mandar emails!