Tag Archive for Receita

Creme delicioso de chocolate + dica de livro

Esses dias postei uma foto no Instagram perguntando se alguém queria a receita do creme de chocolate que usei para fazer essa receita e fiquei muito feliz que um monte de gente pediu! Essa foi uma sobremesa improvisada para um churrasco com amigos – no caso, tinha algumas rebarbas de bolo de chocolate, fiz um creme de chocolate e cobri com morangos e o doce ficou chiquérrimo!

chocolate pudding com morangos julia guedes

A receita é de um livro que eu amo, da Liz Prueitt, confeiteira da incrível Tartine, de São Francisco (infelizmente pelo que pesquisei o livro não tem versão em português mas indico muito!). O doce é um chocolate pudding, que apesar do nome não tem nada a ver com o nosso clássico pudim de leite condensado: o “pudding” em inglês serve para designar várias receitas cremosas e na Inglaterra geralmente é usado como sinônimo para sobremesa, mesmo. O método da receita é bem parecido com um creme de baunilha básico, mas com a adição de cacau e o chocolate em barra no final o doce fica bem “chocolatudo” e com uma consistência incrível! Vamos à receita?

livro tartine bakery

 Ingredientes:

1 3/4 xícara de leite

1/2 xícara + 2 colheres de sopa de creme de leite fresco

1/4 xícara de amido de milho

3/4 xícara de açúcar

3 colheres de sopa de cacau em pó

3 ovos grandes

1/4 colher de chá de sal

70g de chocolate meio amargo picado ou em gotas

Preparo:

Coloque o leite e o creme de leite fresco para ferver em uma panela média em fogo baixo, mexendo às vezes. Enquanto isso, misture o amido, o açúcar e o cacau em uma tigela média. Em outra tigela, bata um pouco os ovos e o sal e acrescente à mistura de açúcar, mexendo até incorporar tudo.

Quando o leite começar a levantar fervura, acrescente metade aos poucos na tigela da mistura dos ovos e depois leve tudo à panela, mexendo sempre em fogo baixo até engrossar. Quando o creme ficar pronto, coloque em uma tigela, acrescente o chocolate e deixe que o calor da mistura derreta o chocolate. Quando ele estiver derretido, bata no liquidificador, no mixer de mão ou na batedeira até a mistura ficar morna e tiver incorporado bastante ar. Coloque em potinhos individuais ou em uma travessa e coloque para gelar.

Dicas:

  •  O processo de temperagem é muito importante – o acréscimo bem lento do líquido sobre a mistura de ovos ajuda a estabilizar a temperatura antes da receita voltar ao fogo e impede que o leite quente cozinhe os ovos em um choque térmico muito grande – afinal, ninguém quer comer um omelete doce de chocolate!
  • Se você tiver um termômetro de cozinha, a mistura deve chegar aos 98°C – porém, é fácil saber quando o creme está pronto pois o sabor da maizena some quando a receita está completamente cozida;
  • Bater o creme no liquidificador não é absolutamente necessário mas faz bastante diferença no resultado final – o creme incorpora ar e fica bem mais leve, entre um flan e um mousse. Se não tiver liquidificador, pode bater na batedeira ou com um fouet;
  • O creme serve cerca de 8 a 10 porções individuais ou uma travessa de cerca de 24cm, para fazer bombom aberto;
  • Para fazer a flor de morangos, lave e corte os cabinhos de duas bandejas de morangos. Gosto de cortar cada morango em quatro “lascas” e faço um mise en place (já expliquei isso direitinho aqui) separando as fatias maiores das menores, assim fica muito mais fácil de montar a cobertura com os tamanhos equivalentes em cada círculo.

Gostaram da receita e das dicas? Quem fizer me conta nos comentários, se tiverem alguma dúvida também podem mandar que responderei com o maior prazer! :)

 

Massa de torta salva-vidas

Essa receita ficou muito tempo na minha lista de links salvos para testar, até que em um domingo chuvoso, finalmente experimentei a deliciosa torta de abobrinha da Vanilla Gastronomia. A receita vale muito a pena, mas a parte mais importante é a massa, que eu já repeti várias vezes depois de experimentar!

Ela é muito simples, saborosa e crocante, semelhante a uma massa amanteigada, e eu adoro para fazer tortas doces. Fiz algumas alterações na receita original principalmente para usar em doces, mas mesmo a versão original também pode ser utilizada sem problemas, já que o sal e o azeite não têm o sabor tão presente. Confira e experimente!

torta de nutella com morango Julia Guedes

Ingredientes:

2 xícaras de farinha

1 colher de chá de sal

1/2 colher de sopa de açúcar

1/2 xícara de óleo

1/3 xícara de leite

Preparo:

Misture a farinha, o sal e o açúcar em uma vasilha. Em outro recipiente, junte o óleo e o leite e adicione à mistura de farinha até atingir uma consistência mais firme, sem grudar nas mãos. Não trabalhe muito a massa, apenas misture todos os ingredientes até ficar homogêneo.

Abra com um rolo de massa e coloque em uma forma de sua preferência. Cubra com papel alumínio e coloque grãos para fazer peso no centro e a massa não fazer bolhas.

Asse em forno pré aquecido a 220º por cerca de 25 minutos ou até dourar.

Utilize o recheio de sua preferência.

Dicas:

– A massa não precisa descansar nem gelar antes de ser usada. Se não utilizar tudo, guarde na geladeira bem embrulhada em plástico filme por até cinco dias;

– Se você tiver restrições alimentares ou preferir, pode fazer a massa com água no lugar do leite;

– A massa original é feita com azeite e não leva o açúcar – a massa é bem versátil, pequenas alterações podem ser feitas, temperos e especiarias podem ser adicionados à massa com resultados deliciosos;

– Tente deixar a massa com uma espessura de cerca de meio centímetro – assim, ela assa completamente, fica crocante e firme o suficiente para receber um recheio pesado.

Vão testar essa receita deliciosa? Me contem!

Foto: Jorge Mariano Fotografia

Receita para receber bem: pão de queijo caseiro <3

Se tem uma coisa que eu gosto nessa vida é pão de queijo. Perto da minha antiga casa tinha uma padaria com um super gostoso, mas depois que me mudei, não havia um único bom nas redondezas. Comprar congelado ou misturas pré preparadas não são uma opção para mim: pagar caro por amidos modificados, gordura vegetal e sabor artificial? Ninguém merece!

Aí começou a corrida pra achar a receita perfeita: meu namorado pediu a receita de uma tia que, segundo ele, faz o melhor do mundo, busquei receitas confiáveis na internet, fiz vários testes e cheguei no que eu acho que é a perfeição. O modo de preparo é o mesmo da tia, e eu fiz só uma pequena mudança na receita do Gui, do Moldando Afeto – o mineirinho sabe das coisas!

pão de queijo julia guedes

A receita é prática, barata, rende super bem e é perfeita para comer com um café delicioso com a família ou os amigos. Pra ficar melhor, só com um alfajor chileno ou um bolinho caseiro para fechar o encontro com uma nota doce :)

alfajor chileno julia guedes

Pão de queijo

(ligeiramente adaptado do Moldando Afeto)

Ingredientes:

600g de queijo colonial curado

1kg de polvilho azedo

1 colher de sopa de sal

250ml de água

250ml de leite

250ml de óleo vegetal

4 ovos

Preparo:

Rale o queijo no ralador mais grosso – fazer isso na hora faz bastante diferença no resultado final! Reserve.

Em uma tigela grande, despeje lentamente a água sobre o polvilho e o sal e misture com os dedos sem parar, para não acumular água em uma região só. A ideia é hidratar o polvilho, até que ele fique com uma aparência igual à do início.

Leve o óleo e o leite ao fogo. Assim que levantar fervura, misture e jogue sobre o polvilho. Comece a mexer com uma colher de pau, quando a mistura amornar, mexa com as mãos, adicionando os ovos um a um. Esteja avisado: nesse ponto, a massa fica bem gosmenta!

Adicione o queijo e misture bem para incorporar à massa. Forme bolinhas, congele e asse sempre que quiser um lanche delicioso!

Dicas:

  • No post da receita, o Gui dá um truque para o pão de queijo assar direitinho: coloque primeiro no forno pré aquecido a 220ºC por 20 minutos e depois deixe por mais 10 minutos a 180ºC. Ele assa direitinho, não resseca e fica com uma casquinha crocante deliciosa!
  • A receita rende cerca de 80 pãezinhos de queijo – enrole todos, congele em uma assadeira e depois separe em saquinhos para sempre ter pão de queijo super prático na mão!
  • As bolinhas não precisam ser perfeitas, quando o pão de queijo assa ele fica com o formato lindo independente de como foi congelado.
  • A qualidade do pão de queijo está diretamente ligada à qualidade dos ingredientes, principalmente do queijo. Eu costumo usar queijo colonial bem curado (quanto mais salgadinho e saboroso, melhor!) e às vezes misturo com um pouco de parmesão. Se achar queijo canastra, melhor ainda!
  • A massa gruda um pouco nas mãos. Geralmente deixo ela esfriar e “firmar” um pouco e enrolo com as mãos untadas com óleo vegetal.
  • A quantidade de ovos pode variar de acordo com a umidade do dia, por exemplo. Se sentir que a massa está quebradiça, adicione mais um!

Receita: Bolo inglês de limão com framboesa

Se você viu o post de segunda-feira com o melhor iogurte do mundo e já correu pra cozinha (ou sonhou com isso), deve ter ficado a dúvida: o que fazer com tanto iogurte? Aqui em casa, comemos com frutas, fiz vitaminas, misturei com mil coisas – e ainda tinha iogurte!

Em um domingo frio e chuvoso, veio a vontade de ir para a cozinha para preparar algo por puro prazer, como eu fazia há alguns anos. Não me entendam mal – eu amo o que eu faço, mas seguir uma rotina, ter prazos, responder orçamentos e lavar muita louça inevitavelmente tornam o trabalho cansativo. Busquei uma receita e achei uma perfeita: simples, rápida e versátil.

A receita original é de limão siciliano com mirtilos, mas preferi fazer com o que eu já tinha em casa (que, não por acaso, é minha mistura de sabores preferida): limão com framboesa. Entretanto, essa é uma daquelas receitas que você pode mudar muita coisa e sempre será deliciosa!

bolo de limão com framboesa julia guedes

Bolo de limão com framboesa

(adaptado do Smitten Kitchen)

Ingredientes:

1 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal
1 xícara de iogurte integral
1 xícara de açúcar
3 ovos grandes
2 colheres de chá de raspas de limão (cerca de dois limões)
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 xícara de óleo vegetal
1 xícara de framboesas congeladas (misturadas em uma pitada de farinha antes de misturar com a massa)

Para a calda:

1/3 xícara de suco de limão

1 colher de sopa de açúcar

Preparo:

Pré aqueça o forno a 180°C. Unte uma forma de bolo inglês de 22 x 11 x 6 cm.

Misture a farinha, o fermento e o sal em uma tigela grande. Em uma tigela média, misture bem o iogurte, o açúcar, os ovos, raspas de limão, baunilha e o óleo.

Despeje os líquidos sobre a mistura de farinha lentamente, misturando só até incorporar tudo. Misture cuidadosamente as framboesas na massa e coloque na forma. Asse por cerca de 45 minutos ou até que, ao colocar um palito de dente no meio da massa, ele saia limpo.

Enquanto o bolo assa, misture o suco de limão e o açúcar em uma panelinha e aqueça só ate dissolver. Despeje sobre o bolo ainda morno.

Dicas:

  • O bolo é delicioso sozinho, mas pode ser servido quentinho com uma bola de sorvete de creme ou de iogurte.
  • As raspas de limão podem ser omitidas ou substituídas por raspas de outras frutas cítricas ou condimentos a gosto (canela, cravo, cardamomo… As opções são infinitas!).
  • A framboesa pode ser substituída por gotas de chocolate, outras frutas de sua preferência ou omitidas, resultando em um bolinho inglês simples e ainda assim delicioso!
  • Quando utilizar frutas congeladas ou gotas de chocolate em receitas, passe-os em um pouco de farinha antes de incorporar à massa, assim eles não irão para o fundo da forma enquanto assam.
  • Se não tiver forma de bolo inglês, a receita serve bem para muffins ou pode ser feita em formas diferentes, alterando o tempo de cozimento para não assar demais e deixar o bolo seco.